slideslideslideslideslideslideslide

 

 
                  
 
                              
Coopeducar:
gente que coopera, cresce!
Centro de Educação e Cultura "SABER" - Semeando ideias. Colhendo resultados!

Celebração à Semana Mundial do Meio Ambiente

A escola Coopeducar realizou uma programação especial para o mês de junho em prol da preservação, com os alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio. Confira a seguir.

A Coopeducar realizou diversas iniciativas em prol do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado anualmente no dia 5 de junho. A celebração da data tem como objetivo a sensibilização e a elaboração de ações que visem à preservação ambiental.

A escola tem um papel fundamental na formação dos alunos como futuros cidadãos conscientes. Dessa forma, fica imprescindível que a educação ande sempre de mãos dadas com a vida do aluno. Estudos mostram que a educação ambiental realizada de maneira eficaz proporciona mudanças comportamentais e desperta valores que podem gerar importantes consequências sociais.

Diante disso, a temática do meio ambiente deve ser trabalhada desde a educação infantil de forma a estimular a criança a compreender a necessidade de se ter alguns cuidados com o ambiente onde ela vive e a desenvolver uma consciência ambiental.

O professor Tiago Altoé trabalha com os alunos a proposta de manter esse contato com a natureza de forma espontânea, natural e contínua, com isso, em celebração à Semana Mundial do Meio Ambiente, o professor juntamente com a escola Coopeducar realizaram uma programação especial para o mês de junho em prol da preservação, com os alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio. Veja a seguir:



 

 Na programação do dia 02/06, a Coopeducar contou com a participação do Pedro Giubbini, um artista e educador ambiental de Venda Nova do Imigrante, que tem como lema “A minha arte é vida após a morte”. Através da mensagem de sua arte, ele desperta o interesse na comunidade, pela natureza e o respeito ao meio ambiente. Com essa proposta, pela manhã e à tarde, ele palestrou para as turmas, desde da Educação Infantil ao Ensino Médio, acerca do trabalho dele e sobre diversas questões ambientais. Neste mesmo dia, as turmas do G4A e G5, foram em uma caminhada ecológica aos Jatobás, que fazem parte de um dos primeiros projetos ambientais da Coopeducar de plantio, que estão sendo preservados desde 2005. Ao final da caminhada, as turmas foram à casa do Sr. Zanon para fazer um piquenique e conversar sobre o meio ambiente com seus professores.

Já na programação especial do dia 08/06, em parceria com a prefeitura e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Venda Nova do Imigrante, as turmas do 4º e 5º ano do fundamental I junto com seus professores, participaram de uma caminhada e panfletagem no Bairro Vila Betânia, a fim de divulgar uma cartilha acerca da conscientização da coleta seletiva que acontece no município. Visitando casa em casa, os alunos tiveram essa oportunidade de conversar com os moradores a respeito do tema em cooperação com a prefeitura e a proposta desenvolvida por eles.



 No dia 09/06, quinta-feira, a turma do 2º ano com a orientação do professor Tiago, começaram a iniciativa de reativação do minhocário da escola. Com a proposta de tornar mais contextualizado e prático os temas trabalhados na apostila, o professor teve esse momento com os alunos para orientar e tornar mais presente o tema estudado em sala, que trata sobre as características dos grupos de animais. Nesse mesmo dia, às 13h30, os grupos G4A e G4B, visitaram a horta dos avós da professora Coralina, em Cachoeira Alegre. Com o objetivo de conhecer a vivência rural, os alunos observaram o casarão, a horta, o gado e o cafezal, além disso, os avós prepararam um momento muito bacana para que os alunos aprendessem a plantar hortaliças, com a ajuda de seus professores,  tornando prático a sintonia com o meio ambiente. Para a Coopeducar é de suma importância que os alunos tenham esse contato com animais, visite as fazendas, pois também permitem que as crianças tenham um contato maior com a natureza auxiliando no despertar da consciência de cuidado e preservação.

Em continuação a iniciativa de reativação do minhocário feito pela turma do 2º ano, no dia 15/06, o minhocário foi ativado. A ideia é fazer a logística de destino adequado dos resíduos orgânicos da escola, com a produção de novas minhocas e direcionamento da produção de Humus (um substrato muito parecido com terra e rico em nitrogênio, fósforo, potássio, magnésio e outros elementos importantes para nutrição das plantas.). Essa iniciativa faz parte do projeto ambiental da escola “Semeando Ideias, Colhendo Resultados”, em alinhamento com a proposta da apostila.

Ao fim da programação, no dia 23 de junho, os alunos do 1º ano A e 1º ano B realizaram uma atividade de exploração do ambiente, pelo entorno da escola, por meio de uma caminhada com a orientação do professor Tiago Altoé, professora Rosa de Artes e suas professoras regentes. Com o intuito de observar e analisar o ambiente, com ênfase no uso dos solos naturais dos centros urbanos e rurais. Uma proposta sobre o ambiente em que vivem, conforme a pauta do livro didático.

A Coopeducar acredita que ações como essa são capazes de inspirar e conscientizar pessoas e futuros cidadãos, e, aos poucos, tornar possível a transformação e salvação do planeta, pois não há nada mais forte que o trabalho humano para o bem comum.

 

Tecnologia do Google TradutorTradutor